Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ê, raiva...

.


para quem precisa de silêncio, caixas de som no mais alto volume
incólumes de qualquer vácuo que possa separar o espinho da dor
para qualquer ser por demais apaixonado, um beijo seco, o azedume
e a certeza de que o outro sente... qualquer um... mas não amor
para quem é vivo, morte. para quem é morto, que continue assim
para quem precisa... necessidade sem fim
para quem tem voz e fala, afonia extrema sem causa aparente
para quem se fecha e cala, uma dor no céu da boca e um corpo doente
para quem tem sono, a luz do sol e olhos abertos, azuis
para quem tatua, as rugas e a ferida aberta... o pus
para quem sente saudades, distância
para quem tem pressa, eterna infância
para o poeta, a bailarina de perna quebrada
para o palhaço, a mais sem graça das piadas
para toda rua, uma beco sem saída
para o inferno... tudo e todos.


Vitório Vilas

Vitório Vilas
Enviado por Vitório Vilas em 18/11/2006
Código do texto: T294387
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vitório Vilas
Recife - Pernambuco - Brasil
14 textos (488 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:23)
Vitório Vilas