Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENVELHECER


  Quisera que as asas dos prazeres do mundo substituissem a lacuna que ha. Que houvesse se passado o tempo e carregado consigo os sentimentos nao correspondidos. E que nao houvessem os prantos dos amantes, sussuros no meio da noite. Frases nao terminadas, sonhos desfeitos. Houvesse o aconchego dos encontros, a certeza de continuar. Nao fosse tao somente breves momentos, de sentimentos coagidos.
  Que fosse uma entrega despida do temor, das angustias em saber que nao haveriam de compartilhar a paixao extasiante. Seria apenas versos rabiscados sobre o amor, sobre o nao poder decidir em continuar. Envelheceriam com suas memorias repletas de palavras ternue, juras nao concretizadas. Um olhar esperancoso de efetuosidade, labios sedentos do sabor dos beijos roubados. Um corpo retraido diante do prazer negado, em volta a uma ilusao que apaziguara a solidao. Faces marcadas pelos anos que passara, segredos, nao tao mais segredos, hoje divididos. Para quem sabe poder se libertar da sensacao de empotencia, de nao ter arricado a viver um grande amor. De ter se negado a ir atras dos sonhos. E deixado a vida conduzir o a um caminho repleto de saudosismo.
CAMOMILLA HASSAN
Enviado por CAMOMILLA HASSAN em 19/11/2006
Código do texto: T295304

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
CAMOMILLA HASSAN
Atibaia - São Paulo - Brasil, 36 anos
1308 textos (159166 leituras)
29 áudios (11795 audições)
5 e-livros (510 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:04)
CAMOMILLA HASSAN