Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deus previu a alergia?

Em seu trono eterno de pura perfeição Deus se incomoda, por sabe-se lá que razão, e resolve criar tudo. Tudo que não era ele, pois ele já existia. Creio muito difícil Deus ter-se criado e criado todo o resto conjuntamente. Então eis que tudo surge, luz, verbo, existências, Terra, que naquela época nem tinha o nome de Terra, e finalmente surge o homem. Surge da criação divina e aí o homem está no paraíso. O homem come no paraíso? Sempre achei meio estranha essa idéia de paraíso com cocô, xixi, arroto e tal. Mas, enfim, há o paraíso, homem e comida.

Então que Ele em sua suprema insatisfação, refletida no homem, já que nós somos a imagem de nosso criador, cria a mulher. E como todos sabem a coisa descamba pro lado do pecado. Pergunta rápida: como que a serpente foi parar no paraíso se Deus criou tudo? É, acho que aquele foi o primeiro indício da falta de controle divino sobre tudo.

Mas, entre serpentes e maçãs estamos aqui, no ano dito 2006 vivendo nossas vidas e sabe-se lá indo pra onde. O que me leva a uma pergunta pertinente a esse ponto da existência. Porque nós temos alergia à comida?

Pense bem, Deus criou o homem, que precisa comer, “comida” fique claro, e então o cidadão descobre que têm alergia a camarão, leite, manga, etc. Olhe bem que não coloquei nenhum daqueles produtos manufaturados em que há processos de transformação e adição de substâncias que vão propiciar uma reação em organismos mais sensíveis.

Como que por nome Dele uma criança que acaba de nascer tem rejeição ao leite se ela precisa disso pra viver? Pô, acho isso um despautério divino para com a criancinha. O camarada passa a vida toda comendo frutas, um belo dia come uma manga e fica todo empelotado. Gostaria de saber por que planos divinos alguém tem alergia sobre o que deveria fazer com ele vivesse melhor.

Outro exemplo muito bom da intolerância divina com o progresso. Como que alguém pode ter alergia a penicilina? Sei que é uma substância fabricada pelo engenho do homem e ela não “existia” na natureza, mas ela é a substância que salva vidas, muitas. Seria esse o ponto em que a intervenção divina diz-nos que o homem quer ir contra seus intuitos? Mas se podemos fazer o bem, melhorar o sofrimento das pessoas deveríamos deixá-las sofrer só porque é um designo divino?

Não sei ao certo se quando tudo se criou Aquele que nos olha previu a alergia, pois ela se configura em uma falha grotesca da ordenação de nossa realidade, a mais básica de todas. E a alergia de uma criança ao leite torna isso patente. Crer que isso é uma degeneração do homem e que devemos voltar a sermos como éramos antes é, instrumentalmente falando, uma desculpa das mais esfarrapadas possível. Cremos então que o plano da criação não era bem um plano, foi um ato espontâneo, voluptuoso e explosivo, feito sem qualquer cuidado. E por esse mesmo motivo tenho que crer que se ele criou isso tudo do jeito que está não é por mera diversão, e sim por capricho próprio. A alergia dá uma passo contra a idéia de sua perfeição. Mas tratemos da alergia, pois ela existe de fato, já Ele, temos nossas dúvidas.
leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 21/11/2006
Código do texto: T297226
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273076 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:32)
leandroDiniz