Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Insatisfações diárias...

Às vezes queria ser ignorante ou louca, pois dizem que a ignorância é abençoada e aos loucos, tudo é permitido...

Como sou razoavelmente “sadia”, não consigo nem posso ignorar a falta de sensibilidade das pessoas frente aos seus semelhantes, nem tampouco enlouquecer e “quebrar tudo” simplesmente porque as coisas e as pessoas não são como idealizo...

Frente à raiva e à desilusão cotidianas, meu remédio é a poesia!
Fernanda Maria
Enviado por Fernanda Maria em 22/11/2006
Código do texto: T298657
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Maria
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
92 textos (6748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:51)
Fernanda Maria