Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACORDAR DE FLORES CINZENTAS

Acordei sem inspiração
O meu sol da manhã fez gazeta
E deixou-me numa pasmaceira
Entediante e gelada
Ofuscando a minha vista do Tejo.

Pena que nem encontre palavras
Para rimar meus versos.
E só s a abelha sobre a flor cinzenta
Dá um pouco de alento e cor
a esta demente  manhã de Outono.

Dói quebrar as noites deslumbradas
Com madrugadas gastas pela chuva
Quando nos cruzamos com multidões
Enfeitadas com grinaldas de flores cinzentas
Braços escorridos ao longo do corpo
Numa cadência de passos  torturados.

Mas hoje acordei sem inspiração.
Nem me apetece encontrar
Palavras que possam rimar
Com abelhas.

Foto e poesia: Josalvespt
ver foto em:
http://olhares.aeiou.pt/abelha_na_flor_cinzenta_foto4113476.html
Josalvespt
Enviado por Josalvespt em 11/08/2011
Código do texto: T3152889

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Josalvespt
Portugal
56 textos (1520 leituras)
2 áudios (138 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:51)
Josalvespt