Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APENAS UM PENSAMENTO

Um sonho... O sonho de amar e ser amado. O grito incontido em algum lugar que não sabemos, talvez no peito pulsando pra sair num berro de amor, florescendo num beijo gostoso, mas daqueles beijos de amor de verdade, beijo de eterna paixão, beijo de matar saudades.
Será normal nos sentirmos assim nessas alturas da vida??? Com tantas guerras e destruições, fome e desilusões, desempregos, doenças, gente matando gente, o amor acaba ficando obsoleto ou vira fantoche nas mãos de usurpadores, vendedores de sexo e de corpos ( não que eu seja contra, afinal cada um faz o que quer com o que lhe pertence ), só que me refiro aqui ao amor poesia, amor canção, aquele amor que no tempo dos meus avós era cantado em serenatas nas janelas das amadas justamente porque naquele tempo o mundo acreditava no sonho e na vida que o amor poesia, cantava e construía...
Às vezes acho que não cresci, que sonho demais, que espero o que não deveria esperar... E nesses pensamentos me pego mergulhada em profunda dor e tristeza, beirando a morte, porque sem os sonhos, sem os desejos dos gritos incontidos querendo florescer em beijos apaixonados, a vida não tem razão de ser... E volto a sonhar, agarrando-me aos sonhos não como fuga ou ato desesperado apenas, mas como algo que me sustenta, mostrando-me que viver é muito mais que estar vivo, muito mais que sobreviver.
E eu não quero sobreviver, eu quero vida, sempre...
Aisha
Enviado por Aisha em 20/07/2005
Código do texto: T36217
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35174 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:08)
Aisha