Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PENSO, LOGO EXISTO


Penso que Descartes está certo, logo,
existo... Caso contrário, quem estaria
aqui, escrevendo?
Osculos e amplexos,
Marcial
PENSO, LOGO EXISTO
Marcial Salaverry

Quem primeiro chegou a esta brilhante conclusão, foi o filósofo francês René Descartes, e é algo que ninguém conseguiu descartar ainda, pois uma das provas da existência de uma pessoa, é sua capacidade de pensar. O grande problema, é o direcionamento que se dá ao pensamento.
Existem aqueles que voltam esta capacidade para o bem, e outros, apenas usam de sua capacidade "pensamental" para bolar mutretas, as mais variadas possíveis. Como os políticos, por exemplo.
Sem duvida que nosso preclaro amigo Descartes, descartou qualquer hipótese de existência para criaturas não pensantes. Fica aqui uma ressalva... Criaturas não pensantes não são apenas aquelas não são dotadas de capacidade, mas sim aquelas que não sabem fazer uso dessa faculdade delegada por Alguém para as criaturas ditas racionais.
As maravilhas da Natureza à parte, tudo que nos cerca, é produto do pensamento de alguém. Alguém idealizou algo, pensou que poderia fazer, e fê-lo. Portanto, sua premissa é perfeitamente lógica. Tudo é fruto do pensamento tornado fato.
Apenas discordo no tocante à Natureza. É perfeita demais para ser produto de algum pensamento, por mais iluminado que ele seja. Claro que só pode ser obra de uma Força Superior, que está acima do que podemos conceber com nossa vã filosofia. Talvez seja por isso que pensa-se tanto em destrui-la.
Por vezes, é preciso limpar nossa caixa craniana que, é supostamente o depósito de nossos pensamentos.
É preciso faze-lo, quando temos necessidade de redirecionar alguma coisa, e nem todos são capazes de processar esse dito "esvaziamento pensamental"... Mas ele é bem possível de ser feito.
Quanto à capacidade de "esvaziamento", é fato já comprovado, basta que nos reportemos aos faquires e seus confortáveis colchões, onde as penas de ganso são substituídas por pregos. Para suportar a dor, há que se esvaziar o cérebro mesmo, pois o sentido da dor é muito forte em todos nós, haja visto a pouca capacidade que temos para suportá-la. Apenas o "esvaziamento pensamental" é que pode nos facultar essa qualidade.
Nosso poder de pensamento também tem outras finalidades, pois, além de imaginar bondades, maldades ou falcatruas, também tem ação direta em algo que fala diretamente à nossa alma, ao nosso coração, e à nossa reprodução, pois o ato sexual também depende e muito do pensamento.
Apesar da aparente insanidade desse comentário, ele é bem fundamentado, pois sem um pensamento voltado para o sexo, mesmo que seja por instinto (sempre será um pensamento), não seria acionado o mecanismo que produz a ereção e sem ela, apenas se poderia utilizar de métodos colaterais, que, claro, são produtos do pensamento de alguém que bolou o substitutivo para o método natural (particularmente, prefiro mesmo o instintivo dirigido pelo pensamento...).
Apenas uma ressalva... Se tudo for apenas pensamento, e não passar de imaginário, nem eu escrevi, nem você está lendo... Apenas estamos imaginando o imaginativo disto tudo... Imagine só...
Alguém poderá pensar que enlouqueci. Não concordo, e nem "disconcordo". Apenas o ato de pensar, já induz a loucuras, pois pensa-se em tantas coisas...
Penso que teremos UM LINDO DIA, logo, ele existirá...
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 27/08/2005
Código do texto: T45513
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19840 textos (1961466 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:41)
Marcial Salaverry