Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Redoma da solidão

Meus sentimentos se perdem no tempo,
Buscam o amor em várias raças e locais...
Sentimentos não são mais meus, ódio e amor de mãos dadas agora se unem a buscar o sentido final.
A solidão toma meu ser e uma rosa...
Uma simples rosa, me leva pra longe dos problemas.
Ao ouvir som melancólico em meu computador, sinto a presença da paz, que outrora tão sombria era ilusão de minh'alma.
Ailusão se tornou real, a imagem da rosa se confundiu com a de nuvens no céu azul.
Belas e lindas núvens, que alegraram meu ser um dia triste.
Então sonho, sonho em terminar minha busca, busca onde amor e ódio estão juntos,insistindo em deixar a alma de fora da batalha, numa redoma de vidro frágil e ao mesmo tempo tão poderoza e forte.
Saí da redoma, sem medo da vida e enfim enfrentando o amor e o ódio contidos fora dela.
Batalhas travei até que veio a paz.
Depositada em outra alma que se assemelha a minha em características e anseios, desejos e pensamentos.
Mas meus medos voltaram, a dor do passado vivido a pouco mais que dois anos me assombrou.
Mas continuei com a fidelidade da alma boa contida em mim, e espero que não me decepcione.
Agora um arco-íris brota de uma linda árvore na cascata da vida, e termina em cima de uma casa pequenina no interior de meu estado.
Nela mora meu amor, minha alma boa, minha busca em forma de homem.
Ele tenta ser mais que é mas pra mim é suficiente e puro.
Me tirou de um mundo sombrio de dor e onde o amor não tinha espaço.
Hoje o tenho como sonho, mas amanhã espero que ele se torne realidade.
A minha realidade, o meu amor.

Senhora da Luz
Enviado por Senhora da Luz em 08/09/2005
Reeditado em 08/09/2005
Código do texto: T48731
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Senhora da Luz
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 41 anos
40 textos (5509 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:00)
Senhora da Luz