Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU PERFIL

Quando escrevo tenho todo o poder do mundo dos homens, seja no teclado, ou na tinta da minha caneta, porque nessa hora sou o invasor de mentes, corações, desnudo a alma humana, e ao fazê-lo desnudo a mim próprio, porque sou o produto do meio, o produto da atualidade, mas com a chama incontida que os poetas trazem em si.

Leia-me, critique-me, elogie-me, tenha amor ou ódio por mim, porque não passarei indiferente nesta vida, o branco que carrego à minha frente é somente a tela ou a folha imaculado de um papel.
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 06/10/2005
Reeditado em 10/08/2009
Código do texto: T57329

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1027 textos (90007 leituras)
26 áudios (1819 audições)
2 e-livros (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:02)
ANDRADE JORGE