Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Felicidade

Felicidade? Como definir?...
Não defina, não tente achar um motivo para dizer que é feliz...
Hoje acordei, e simplesmente tive vontade de sorrir, de ver pessoas que eu gosto, de cantar e de perceber o quanto a vida vale a pena.
Se as noites não passam, acordo no meio da noite e tento ouvir o vento bater à minha porta.
Se os dias se tornam uma tortura, percebo que viver é mais além, pois boa parte das pessoas apenas existem...
Felicidade veio e me aconrrentou..., não quero me libertar.
A felicidade me invadiu no dia em que me tornei um tanto quanto mais sensata e segura comigo mesma e com o mundo.
A felidade não vem sozinha, e veio acompanhada por um certo alguém que na minha vida renasceu e no meu ser faleceu. Faleceu, pois em mim permaneceu e assim se eternizou naquele momento em que o mundo parou e meu viver se justificou.
Aprendi a chorar de alegria, aprendi a gritar de amor, aprendi a viver por um dia em que serei seu amanhecer, seu entardecer e seu anoitecer, para que enfim possa dizer que renovei o meu viver e encontrei a FELICIDADE!!!!!!
Eliziária Alves
Enviado por Eliziária Alves em 22/08/2007
Código do texto: T619332

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliziária Alves
Patos de Minas - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
83 textos (6115 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 18:50)
Eliziária Alves