Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não sou um homem sensível

Não sou um homem sensível
Eu digo a verdade e ponto final
Muitos olhares atrevidos
Buscando encontrar as palavras
Muitas pensadas mentiras
E a ressonância sai verdade
Pela fraternidade do meu par
Não preciso nem levantar
Das miradas incertas nos tiros certeiros
Pouco me resta, nem o tempero
Das nossas alegrias
As vezes penso que eram fantasias
Em lugares fora do comum
Posso andar tranqüilo
As vistas de alguém que vestiu traição
Passaram longe sabendo minha reação
As fontes de loucura
Podem ser tua tortura
Enquanto vê rugas e não se mistura
Procure em sua fonte de inspiração
Algo novo e sem contradição
CudS
Enviado por CudS em 22/08/2007
Código do texto: T619525

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CudS
Curitiba - Paraná - Brasil, 29 anos
168 textos (5588 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 01:23)
CudS