Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ANONIMATO

O anonimato para o artista é tão cruel
Quanto a morte de uma criança para a posteridade!
Pois a morte fenece o corpo,
Apaga sorrisos,
Trucida sonhos e realizações...
O anonimato fustiga a alma,
Cativa a essência que dá asas a imaginação,
Esconde do mundo a beleza sublime do criador.
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 30/08/2007
Código do texto: T630867

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 59 anos
1128 textos (33109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 03:05)
Carlos Melgaço