Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fortaleza

Quando terei alguém que por mim seja devotado como um cavaleiro medieval? Quando o verei, quando o terei em meus braços? Quando perderei o medo de amar? E quando, quando essas dúvidas deixarão de povoar minha alma? Cansei... Não quero mais me iludir. Não quero mais ser egoísta nem inconseqüente. Príncipes não existem e eu não sou nenhuma princesa de contos de fadas. Não, eu sou a bruxa que não merece compaixão e no momento não quer ser amada.

“Onde é que dói na minha vida / para que eu me sinta tão mal?”
                                                                          Cecília Meireles
Joyce Amorim
Enviado por Joyce Amorim em 30/08/2007
Reeditado em 30/08/2007
Código do texto: T631366
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joyce Amorim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
141 textos (15806 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 22:00)
Joyce Amorim