Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aqueles anos

Guardava-me na paz
Queria acreditar que era fato normal

Mesmo com a vida engatilhada em meio a
Facas e forças forjando guerras
Mesmo com o corte exposto
Nas horas escuras com medo do futuro
Em cima do muro, via tudo passar
Como um filme que não me dizia respeito
Que pena
Fazia parte dele, era meu momento
Virada do século

Via tudo passar como um clíp
Poderia ter vivido com eles
....Cazuza...RPM...Legião Urbana, Ultraje, Paralamas e tantos outros
Mas em particular lembro do Zé... um tal,Ramalho
Mas era  meu momento de paz
Estava em cria

Como fêmea que cuida da prole
E se anula a qualquer custo
Isso eu fui
Fêmea em nome da cria
Só por ela....
Cadê ela???

Foi embora!...
Para campos distantes certos de seu aprendizado
Sobrou-me apenas o que despendi
Sem arrependimentos!

Mas preciso informar por que não participei
Era apenas meu começo!







Lyra
Enviado por Lyra em 13/09/2007
Reeditado em 22/09/2007
Código do texto: T650966

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lyra
Curitiba - Paraná - Brasil, 54 anos
79 textos (7153 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:04)
Lyra