Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jóias sem preço

O instinto solto
Cravou em meu ser
Duas figuras
Que me fizeram
Crescer e florescer.
Uma saiu de mim
Querendo olhar o mundo,
Mas o mundo a viu,
Primeiro que o som
Da vida que me encantou
E que encanta até hoje
Pudesse saber.
O outro me completou
Fez dos meus anseios
O ar da graça
Que a natureza brotou.
E sem palavras
Encerro a felicidade
Que suspira nesse corpo
E inspira o poeta
A tirar palavras
Dos pensamentos
Que nasceram da mãe
Ou protetora das jóias
Sem preço.
ZUKER
Enviado por ZUKER em 19/09/2007
Reeditado em 20/09/2007
Código do texto: T659201

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ZUKER
Fortaleza - Ceará - Brasil, 39 anos
503 textos (15995 leituras)
4 e-livros (78 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 01:12)