Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Senhora do tempo

Senhora do tempo

Hoje estavas ainda mais bela. O tempo, teu escravo, aquele que controlas ao teu bel-prazer, talvez tenha lhe ensinado a amar-te como te amo, sem limites, amarras ou condições. Irradiavas ao mundo tua plenitude, tua natureza ímpar, tua beleza explendorosa. Ao ver-te perdi minhas amigas palavras e me entreguei ao completo mutismo, a contemplação, a adoração. És minha deusa, dona inequívoca do meu coração pagão, és a mulher que desejo em cada átimo do meu corpo, em cada vestígio de minha alma imortal. És absolutamente tudo e tudo mais é nada sem ti. Passei a tarde inebriado ante a tua onipresença mágica e sorvi cada segundo como néctar dos deuses alimentando-me da ambrosia de tuas palavras. Perdi a noção das horas quando fostes embora, o limitado relógio mostra uma passagem de cinco minutos, para mim parece uma eternidade tamanha a esmagadora força da saudade. As pessoas e as vozes não fazem sentido, pois sem ti só existe o vácuo, o vazio, o nada ....

Leonardo Andrade
Leonardo Andrade
Enviado por Leonardo Andrade em 19/09/2007
Código do texto: T659735

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Andrade
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1525 textos (65168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 21:34)
Leonardo Andrade