Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por que me chamo Moço.........

Se contar com meu compasso será que faço deles uma canção?
Se me perder num rio será que encontro muitas gentes?

Hoje só quero ficar só perdida em mim largada por mim
Olhar para dentro, mesmo sem nada de novo encontrar
Mesmo assim quero o só, sempre estive com ele
Não é meu estranho

Posso construir um meio fio para não me escapar na descida de minhas ruas
Para proibir qualquer entrada desnecessária
 Fico bem com a ausência gosto da minha turbulência prefiro esquecimento
Porque me chamo moço

Mesmo em meio a tantos cheiros, esquecidos do consigo buscando a inserção assim como crianças adulteradas escondidas por uma cortina
Cega, seguindo marcadas pela propriedade

Prefiro meus muros construídos por minha criação
Derrubados por minha opção, avaliada como frágeis ou fortes quem sabe, soltos ao ar; não importa; mas de minha única responsabilidade

Por que me chamo moço...
Sem definição
Apenas moço!

 


Lyra
Enviado por Lyra em 19/09/2007
Reeditado em 19/09/2007
Código do texto: T659874

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lyra
Curitiba - Paraná - Brasil, 55 anos
79 textos (7165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/11/17 04:08)
Lyra