Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" aqueles nossos sonhos"....

Hoje pensei se sonhos envelhecem
Acho que não
Por que estrada é como ventania
Sopram para qualquer frente como redemoinhos que se retorcem e voltam
Mesmo com curva para vários rios

Entopem nossos ladrões, e não nos liberaram assim como esquecidos
Prendem-nos como sonhos não realizados
Seguem-nos como carrascos em alerta
Sonhos realmente não envelhecem/martelam em nossas cabeças como dores

Lembrando-nos de tudo que éramos capazes!
São como martírio em vida, trazendo a incapacidade ou materializando o conformismo de uma realidade, sempre tão justificada!

Sonhos

Quem dera dele longe pudéssemos  seguir
Quem dera dele pudéssemos nos destituir

Mas são amarras de nossa juventude
Cobrando pelo tempo decorrido,
São como espelhos de promessas comprometidas
Verdade nua e dura de nossa prepotência

Mas serão sempre nossos sonhos.......







Lyra
Enviado por Lyra em 19/09/2007
Reeditado em 22/09/2007
Código do texto: T659946

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lyra
Curitiba - Paraná - Brasil, 54 anos
79 textos (7146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:47)
Lyra