Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Ciúme

Ela gosta dele, ele gosta dela...e o amor existe
Ele traiu ela mesmo gostando dela e ela o perdoou mesmo triste
Ela se vingou num momento de distúrbio com alguém que ele odeia
Mas se arrependeu e pediu perdão, o mesmo que ele recebeu sem muita peleja

Mas ele é homem lindo, cheio de orgulho, sem perdão pra dar
E ela chora aos prantos crente que agora ele vai lhe perdoar
Mas ele ouve frio, fala frio, fica frio e não diz nada
Ela sabe que o perdão será muito dificil, vês que enrrascada?

Mas eles se gostam, eles se almejam, eles se precisam
Mas ele não volta, ele não perdoa, ele só a pisa
E ela rastejando volta pra onde foi e fica num lugar
Pára pra pensar e logo de início já decide findar

E lá se foi outra paixão, pegou o trem da morte e foi embora
Foi pra uma prisão em superlotação de amores jogado fora
Porque hoje o perdão quase não respira inundado de orgulho
E hoje a solidão é o alarde da tardinha escondida atrás de um muro

E eles não se falam, eles não se olham, ele não dá mais sorriso
Ele está tão triste mas o seu orgulho diz que isso é normal, preciso
Ela tá em outra, ela conseguiu, ela soube perdoar
Perdão é liberdade, é pássaro voando, é peixe-boi em auto mar
Darlan Santana
Enviado por Darlan Santana em 20/09/2007
Código do texto: T660627
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Darlan Santana
Aracaju - Sergipe - Brasil, 32 anos
139 textos (6332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:39)
Darlan Santana