Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU LAMENTO...

MEU PENSAMENTO VAGA LIGEIRAMENTE PARA O DESCONHECIDO DAQUELE MOMENTO QUE NÃO SE DIVIDE COM NINGUÉM PODE SER UM MOMENTO VAZIO OU CHEIO DE DOR, A INSIGNIFICÂNCIA DO QUE SENTIMOS É COISA PASSAGEIRA, E LOGO VEM À ALEGRIA OU A LAGRIMA NA MASCARA DE UM PALHAÇO, ONDE NOS SENTIMOS MAIS VIVOS DO QUE NO CASULO EM QUE NOS ENCLAUSUROU, RECOLHEMOS NOSSAS ARMAS, REVERTEMOS QUEBRA EM PAZ, MAS O INIMIGO SOBREVIVE, ENTÃO A PAZ É UM MISTÉRIO E A SOMBRA DO INEVITÁVEL NOS PERSEGUE, CONFORMISMO OU REBELIÃO, MORRE OU VIVER, NESTA AFLIÇÃO QUERER E NÃO PODER, SEGUIR A MULTIDÃO TUDO IGUAL E EM VÃO, O PREÇO POR SER DIFERENTE É ALTO, NO MEIO DE TANTA GENTE, A MASCARA DA SABEDORIA DISFARÇA UM POUCO A TRISTEZA, LEVANDO EMBORA A ROTINA DO DIA A DIA, A VERDADE DE UMA LAGRIMA OU UM SORRISO PARA O LEIGO TANTO FAZ, MAS PARA QUEM NOS CONHECE QUEREMOS MAIS E MAIS ATENÇÃO, EM UM LÁPIS JÁ BORRADO UM BATOM JÁ GASTO, E UM SALTO BEM ALTO, UM POUCO DE IMPONÊNCIA É BOM, PISANDO A INVEJA DO INIMIGO, E AFASTANDO O DESAMOR QUE NOS CAUSA DOR, DIANTE DE MUITOS QUE NOS DÃO À MÃO, E QUE NA PRIMEIRA OPORTUNIDADE NOS JOGAM AO CHÃO.
COM UMA RASTEIRA BEM DADA...

mara
Enviado por mara em 20/09/2007
Código do texto: T661090
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
mara
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil, 48 anos
442 textos (17347 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 23:52)
mara