Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não existem problemas, existem lições a serem aprendidas!

  Problemas são comuns em nossa vida. Sem eles nossa vida não possuiria os desafios que nos levam às grandes realizações!
  Sempre ouvi, e até eu mesma já pronunciei a celebre frase: "- Por que tudo tem que ser assim?”.
  Nada nesta vida pode ser perfeito. Até mesmo na harmonia e perfeição em que Deus fez todas as coisas existe a imperfeição! O equilíbrio divino não existiria sem o desequilibro!
  Sempre digo a mim mesma e aos meus amigos em momentos de adversidade que não existem problemas. Existem sim lições a serem aprendidas! Cada "problema" que surge tem sempre com ele a solução! Mas como nos
desesperamos no momento imediato em que ele surge não conseguimos ver.
  Também junto com essas lições evoluções para a própria alma!
  Muitas vezes nos perguntamos porque determinados problemas retornam. Eis a confirmação de que não existem problemas, mas sim lições: lições que a vida trás e não são aprendidas, retornam!
  Mas como conseguir forças para agüentar cada fase em que precisamos enfrentar um problema?
  A solução da maioria das dores humanas está dentro de nós! Basta perceber que as doenças são males internos de ordem ou psicológica ou emocional que se somatizam tão profundamente na alma que desencadeiam exteriormente males físicos!
  A alma possui mais vida e força que o próprio corpo! Intensificar dores que já são pela própria natureza sofridas, se intensificadas começam a ser visível no corpo.
  Pra começar a entender basta ver como sempre possuímos a tendência a esclarecer todos os assuntos usando como base o interesse próprio! Quer entender isso melhor? Vou contar uma historinha simples que li uma vez em um livro:
“Um marido chegava todos os dias cansado, carrancudo e irritado no lar depois de um longo e exaustivo dia de trabalho. Nos últimos meses ele estava trabalhando dobrado, de olho numa promoção na empresa!
Se ele a conseguisse melhoria em muito a situação financeira atual.
  Então, todos os dias eram a mesma rotina: chegava mal humorado, deixava sua maleta no chão, arrancava os sapatos, afrouxava a gravata enquanto caminhava ao banheiro. Depois do banho dirigia -se a mesa sem pronunciar uma palavra, como se tivesse chegado numa casa onde residia apenas ele.  Sentava -se à mesa e sua mulher colocava diante dele um prato de macarrão queimado! Macarrão queimado seria um macarrão que cozinhou até a água secar que quase queimou, rs.Diante dessa delícia começava ele a esbravejar ter que comer aquilo todo santo dia!
  Falava alto chegando aos gritos de fato! Perguntava a esposa quando ela aprenderia fazer algo diferente e descente pra se comer! Iniciava -se uma discussão longa que resultava no casal dormindo sem se falar.
  Os dias foram passando seguindo -se na mesma rotina!
  Até que em uma noite, o marido chega em casa cantarolando do lado de fora! Abre a porta e avisa em voz alta a esposa que chegou. Coloca a maleta em cima do sofá, retira os sapatos e os coloca juntos fora do caminho de todos.
  Afrouxou a gravata assobiando e sentou -se para tomar um aperitivo antes de seu banho. Dirigiu -se ao seu banho e cantou debaixo do chuveiro. Seguiu ate a mesa, sentou -se olhando para a esposa e sorrindo.
  E lá vem ela colocando o mesmo prato de macarrão queimado de sempre. Ele brincou dizendo que parecia saboroso, deu várias garfadas e elogiou dizendo que um dia a esposa acertaria. Nesta noite riram e conversaram.
  O marido havia conseguido a promoção!"
  Deu pra entender?
  Tudo depende de como você encara tudo... O mesmo macarrão queimado de todos os dias pode ter um sabor diferente quando algo dentro de você muda!   Não é a promoção ou o emprego novo, nem o carro do ano que fazem você ver tudo de maneira diferente. Mas é a emoção que você se permite ou não sentir!
  Ficar com os olhos fixos no problema também causa mais sofrimento!   Porque fazendo isso, em todo lugar só enxergamos o problema! De repente, tudo o que as pessoas falam, fazem passam a ser provocações, intrigas, deboches e uma infinidade de coisinhas para coloca -lo numa posição de vítima e injustiçado!
  Quando a situação chega a esse ponto, a pessoa não sabe mais falar de outro assunto. E sempre está remoendo a dor que sente, revivendo o drama afundando -se cada vez mais nele e afastando -se cada vez mais pra longe da solução! É nessa hora que o desespero faz com que se meta os pés pelas mãos.
  Toma -se atitudes sem pensar, julgando de acordo com seu próprio interesse, compreendendo tudo como quer que as coisas aconteçam. Agindo assim, se faz com que tudo fique ainda pior!
  Portanto, entenda de uma vez por todas que além de seus problemas, existem em sua vida uma infinidade de outras coisas pra você prender sua atenção. E que se você perceber, a sua volta existem pessoas com problemas bem piores e que nem por isso se deixa abater.
  Que sua felicidade e alegria de viver, não dependem do cara bonito que te deixou, ou da promoção desejada, ou do carro do ano nem nada que o dinheiro possa te dar.
  A felicidade e a alegria, assim como todos os sentimentos que nos mantém de bem conosco provém de nosso interior! Somos fontes que fluem coisas boas ou ruins: você escolhe!
  Ser feliz, ser alegre não é uma aquisição concedida por outra pessoa! E uma conquista vitoriosa que vem de sua capacidade de conhecer a si mesmo e entender que ninguém tem culpa de seus sofrimentos a não ser você mesmo!
  Saia da posição em que você se encontra, para poder olhar pro problema de ângulo diferente. Fazendo isso talvez você perceba que ele nem é tão grande assim!

Segunda-feira, 4 de dezembro de 2006, 05:35:41
Shimada Coelho A Alma Nua
Enviado por Shimada Coelho A Alma Nua em 24/09/2007
Reeditado em 05/08/2009
Código do texto: T665713

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Shimada Coelho A Alma Nua
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
374 textos (58715 leituras)
10 áudios (1727 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:26)
Shimada Coelho A Alma Nua