Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Andar, andar e andar!

Não gosto de correr, cansa, me deixa sem fôlego, gosto mais de um andar suave, calmo, rítmico.
Devia ser tudo assim , sem pressa, as coisas ficam mais bem feitas, com mais capricho.
Se estamos cozinhando com pressa a comida vai sair muito salgada ou então sem graça. Podemos também comer comida congelada, com gosto de papelão, sinal dos tempos, da correria, preparar uma boa comida demora um tantinho, e algumas pessoas não tem esse tempo.
Que mania todo mundo pegou de fazer tudo na corrida, se encontra com alguém na rua seu "Oi" é caminhando, seguida de "me desculpe, estou atrasado, com pressa". Os operadores de telemarketing, que te ligam a qualquer hora despejam uma porção de informações, que te deixa tonta, tamanha a rapidez que falam, e é claro, a maneira como falam..."Senhora, eu vou estar te mandando...para estar te entregando...para estar fazendo o pagamento...ufa!" Muito cansativo.
Gosto de caminhar, mas caminhar na vida, sentir os encantos do dia, ouvir os passarinhos cantando de manhã, ou qualquer outra hora como agora. Eles parecem não ter pressa.
O vento cantando... as vezes ele fica mais rápido e forte, passa derrubando tudo, como se estivesse no seu caminhar absorvendo energias, absorvendo o desespero silencioso das pessoas, transformando-os nessa força para logo ali na frente se dissipar e tudo voltar para seu lugar.
Isso prova de que meu pensamento está correto, quando ele caminha devagar nada se estraga, mas quando resolve correr pode destruir tudo no seu caminho.
Lembrei-me agora das maravilhosas férias na praia que passei na adolescência , aquela brisa, aquele sol esquentando a alma, o mar tranquilo, se doando, servindo de berço para as brincadeiras, levando em suas ondas os risos descontraídos de quem é e está feliz.
Temos que colocar uma árvore na calçada, é lei da prefeitura por aqui, e pensa você que ela vai crescer rápido, vai nada, vai levar um tempão, vai absorver a água e sol tranquilamente, lembram das aulas de ciências, quanto tempo leva para que a planta complete sua fotossíntese.
Quanto tempo leva para que um recife de corais se complete, sem falar na gestação humana, são nove longos meses. O pulmão do bebê só completa sua formação depois de 38 semanas. E deve estar certo, porque o ar está tão poluído que se não funcionarem direito, pobre criança.
Bem, é isso, caminhando saiu esse texto, assim como tantos outros. Não consigo escrever quando estou angustiada, ou ansiosa demais.
Até meus textos mais desesperados só são escritos depois que a tormenta passou, depois que tive tempo de analisar nem que um pouquinho tudo o que senti, para poder transformá-los em palavras.
Nem sempre são fieis o suficiente, porque só confesso meus mais profundos anseios à Deus.
E ainda assim, considero que meus sentimentos se traduzem melhor no papel do que na fala, o que acaba fazendo com que as pessoas do meu dia dia saibam pouco sobre eles, porque como disse em um comentário o colega do recanto " encontramos mais reconhecimento e consolo nos estranhos amigos que visitam nossas páginas".
Como canta o poeta do samba Martinho da Vila" É devagar, é devagar, é devagar, devagar,devagarinho..." Uma serena tarde para todos nós.


Patricia Elizabeth
Enviado por Patricia Elizabeth em 24/09/2007
Código do texto: T666410
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Patricia Elizabeth
Londrina - Paraná - Brasil, 43 anos
67 textos (7676 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 20:19)
Patricia Elizabeth