Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sopetão

Os toldos na rua me lembram que nada é em vão
E os carros se apressam ao meu lado em aceleração
Mas a vida que eu busco está tão distante de mim
E o normal disso tudo é tão triste que nem quis e enfim

A minha menina tem um jeito todo especial
Seus olhos, sua boca, o sorriso, tudo tão natural
Que vai ser dificil esquecer caso um dia ela solte a minha mão
E eu não quero nem pensar em cogitar tal situação

E o vento pode soprar e pode embaraçar meus cabelos
E o dia pode raiar e pode existir um novo começo
E a noite pode cair e pode luzir sob a lua clara
Que o dia volta outra vez amanhã como um tapa na cara

Hoje eu pensei em você mas prefiro ficar quieto
Hoje eu tentei lhe dizer mas você sabe que eu sou discreto
E eu morro engasgado com tudo e não consigo falar
Meu Deus me arranje coragem pra eu continuar

E o mar pode agitar e mandar suas ondas pra mim destruir
Que eu vou pegar minha prancha e enfrentar tudo que há de vir
E os homens podem cortar toda flor desse lindo jardim
Que eu ainda tenho o meu coração e isso ninguém pode tirar de mim

E o que eu disse aqui pode soar meio inexplicável
Mas quem tiver o coração aberto estará vendo algo notável
E de agora em diante eu vou entender os que vem e vão
E como todo aluno exemplar eu vou saber continuar nessa imensidão
Darlan Santana
Enviado por Darlan Santana em 27/09/2007
Reeditado em 27/09/2007
Código do texto: T670709
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Darlan Santana
Aracaju - Sergipe - Brasil, 32 anos
139 textos (6332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 15:51)
Darlan Santana