Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu não Quero!

Que pena, que tudo acabou, como tudo acaba,
as poucas boas lembranças serão esquecidas com o passar do tempo,
Só restará, as marcas da desilusão, e mais uma decepção,
não foi culpa sua e nem minha a vida é assim mesmo, nada é eterno
não tente compreender sentimento é mistério nunca alguém conseguiu entendê-lo, descrevê-lo por completo.
Cada um sente de uma maneira diferente, hoje é assim amanhã quem sabe?
Me perdoe por não consegiur amá-lo, eu bem que tentei mas o coração não obedece comando e por si faz sua escolha,
Você é um homem maravilhoso e encotrará alguém que o ame como merece, eu sou assim por isso te pedi não se apegue á mim, não me ame porque você vai sofrer, eu não sou de ninguém não consigo pertecer a alguém, talvez um dia eu consiga gostar de alguém, não tenho alguém como você disse, estou sozinha, acredite.
Apenas não quero iludi-lo, pois você disse que me aceitaria mesmo assim, que bataria ficar ao meu lado, mas quem ama quer e você estava me cobrando demais, então tomei essa decisão e não vou voltar atras, não gaste dinheiro comigo, me enviando presentes, flores, não vale a pena, não se machuque mais, porque todas as vezes que me procurar eu vou dizer não.
Que história é essa? Que vai ficar para sempre comigo?, Que nunca vai me abandonar, que sempre vai cuidar de mim?
EU NÃO QUERO! Eu sempre fui sózinha, sei cuidar de mim, não me obrigue a ser grossa com você, mal educada, desejo que sejas feliz, irá encontrar alguém, comigo não dá mais.
Eu sempre disse a você, que quem me magoa, faz uma vez só porque não vou dar a chance de me magoar novamente, faça bem feito porque só vai fazer uma vez, ou não vai fazer por muito tempo, e que demoro para tomar uma decisão, mas quando tomo dificilmente volto atras.
Sou fria? Calculista? Egocêntrica? A vida me ensinou assim, você contribuiu para que eu me tornasse ainda mais do que era.
Numa relação antes de mais nada tem que haver confiança, infelismente não confio mais em você, também não tenho nenhum sentimento em relação a você, que não seja de amizade.
Também não te odeio como pensas, no meu coração não há lugar para rancor eu amo a vida, amo as pessoas, também não é vingança, quando se quer ser feliz por um dia, se vinga, mas como quero ser feliz a vida toda, então eu perdoo.
Te perdoo de todo meu coração, mas isso não quer dizer que aceito você de volta na minha vida.
Na minha vida, você, nunca mais.
Gely Arruda
Enviado por Gely Arruda em 27/09/2007
Reeditado em 30/06/2008
Código do texto: T670949
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Gely Arruda
São Paulo - São Paulo - Brasil
330 textos (48795 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 10:13)
Gely Arruda

Site do Escritor