Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando ficamos orfãos de nossos filhos

Pais ficam órfãos de seus filhos
Vão crescendo
Com sua própria arrogância
Menosprezando por sobrevivência
Qualquer interferência

Mas vão crescendo
Como trigos em campo bem semeado
Abastecidos em solo fértil e bem preparado
Desconhecendo o suor despendido nesse arado
Como se a base nunca tivesse existido

Cadê aquele menino e aquela menina
Que segurávamos nas mãos e podíamos dizer não

Quantas saudades daquelas mochilas pesadas
Engraçado a vida
Ela brinca conosco
Dá e retira com a mesma obrigatoriedade

Mas seremos sempre espectadores alucinados
E ajuda dores de plantão

Amarrando braços e pernas
Até que eles nos mandem soltar!







 





 
 







 






 




 






 


Lyra
Enviado por Lyra em 03/10/2007
Código do texto: T679331

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lyra
Curitiba - Paraná - Brasil, 54 anos
79 textos (7153 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:16)
Lyra