Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teatro Mágico (Darlan Santana)

Ora quanta cura nesse olhar de esperança!
Dá-me um pouco de seu equilíbrio e pesa-me em tua balança
Que de todos que eu vi, eis o mais veraz
E de todos que eu vou ver, eis o que sinto falta

E simula uma poetica forma de dizer que está errado
E diz em versos simples o que está fracassado
E os tolos gritam febris diante de tua morte
E pensam que esse sorriso pintado é alegria e sorte

Quanto destempero habita nessa face branca
Quantas lágrimas já mancharam o fim desse espetáculo
Quantos papéis seremos nós até aceitarmos o inevitável
Quantas cabeças eu ainda vou poder pintar

E o teatro da vida é mágico e trágico
E os atores comuns nunca passam da coadjuvância das cenas
E a dor é a principal atriz desse longa metragem
Estrelado por todos os imbecis dessa juventude covarde

E assim o amor perdura e o teatro vem e vai
Porque a cena acabou mas haverá repetições
Até gravarmos a fala, a cena, a música e o ato
Até acabarmos com a magia que existe na supresa do fato

E esse é o teatro mais mágico que já vi
E tocou fundo o meu ser amargo
E acabou borrando toda moldura que eu tinha feito pra mim
E eu acabo manchando todos os envolvidos no relato
Darlan Santana
Enviado por Darlan Santana em 04/10/2007
Código do texto: T680199
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Darlan Santana
Aracaju - Sergipe - Brasil, 32 anos
139 textos (6328 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 10:33)
Darlan Santana