Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PODER MÍSTICO DAS PALAVRAS

Quando uma criança inicia sua forma de comunicar por meio das palavras, geralmente, fala-se mamãe ou papai. Não à toa esses nomes a acompanharão por toda sua vida. Palavras de enorme poder, inclusive no plano da divindade.

Ocorre que no decorrer de sua vida, a criança vai conhecendo novos signos gramaticais e, inexoravelmente, liga-os aos seus vários significantes. Daí se foca o grande problema, qual seja, em muitas circunstâncias, prefere-se dizer “palavrões” a dizer palavras que denotam outros aspectos de pureza e amor. Não me excluo desse rol de pessoas que não se habituaram evitar  “palavrões”. Até pensava que tinham um enorme poder de disseminar nossa raiva. Ledo engano! Recentes pesquisas na área lingüística-psicanalítica propuseram novas maneiras para se evitar o sobrecarregar-se desnecessário com a utilização de palavras que trazem em si grande peso pessimista.

A pesquisa demonstrou ainda que para conseguir se libertar dos pensamentos ruins que inundam a mente, é preciso buscar as palavras ou conceitos que representem o oposto do pensamento negativo. Elas neutralizarão este efeito e ajudarão a desenvolver um novo programa mental no inconsciente.
 
O processo de reprogramação consta de seis fases básicas:
 
1. Construa suas frases positivamente, com base em afirmações e sem mencionar a idéia que quer neutralizar, e também em tempo presente: o correto é "tenho confiança na vida", em vez de "não terei medo de nada".

2. Repita várias vezes à fórmula, inclusive diante de outras pessoas. Embora você não acredite de início ou ouça de outros que fazer isso é uma loucura, bobagem ou pretensão desmesurada, verá como a nova idéia irá se instalando em sua mente.

3. Pronuncie mentalmente ou em voz alta as frases selecionadas quando estiver sob ataque de determinados pensamentos, concentrando-se no positivo e evitando que o negativo aja contra você.

4. Durante 40 dias, escreva suas frases positivas a cada manhã: leve em conta que a linguagem cria a realidade e é uma enorme ferramenta para programar seu inconsciente - que se modifica graças às repetições.
 
5. Ao longo de cada dia, observe as ações que estejam de acordo com seus novos pensamentos e detecte os sintomas, às vezes sutis, da mudança de conduta, impulsionados por sua nova forma de usar a cabeça. Quem cultiva um sentimento colhe uma ação no mesmo sentido.
 
6. À noite, pergunte para você mesmo: "Em que progredi hoje?" Tome consciência das três ou quatro ações destinadas a expressar os novos pensamentos que você está semeando e aproveite-os: isto forma sua nova "programação mental".

A frase "O que pensarão de mim" não resiste a outras como "Evito fazer suposições que são apenas projeção dos meus complexos e histórias pessoais. Deixem-nos pensarem o que quiserem. Faço coisas que são bem recebidas pelos outros. Sou único no Universo, diferente de todos os demais e, portanto, tenho de ser eu mesmo".
Outro exemplo: o pensamento "E se me sai mal?" pode ser desativado com a seguinte repetição: "Cada obstáculo é uma forma de ajustar o rumo, a fim de que a travessia seja um êxito. A cada momento vou enfrentando os problemas que surgem. Sigo adiante sem me paralisar ou desistir ante a possibilidade de algo ir mal. Quando chegar o momento da dificuldade, minha mente estará mais preparada e estarei em outra situação. O que hoje me parece impossível daqui a algum tempo não será mais".

São pré-requisitos que farão com que haja melhoria significativa em nossas vidas. Então, porque não tentar? Acredito que seja um pouco difícil, mas tenhamos fé! Principalmente nas palavras BEM-DITAS!



Clovis RF
Enviado por Clovis RF em 05/10/2007
Código do texto: T682122
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Clovis RF
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
261 textos (321769 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 11:52)