Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A carta que você não leu

Pensei em escrever essa carta e te entregar, mas você não enxerga a mesma leveza do amor que eu. Pensei em só fechar os olhos e me declarar, mas sei lá! de olhos fechados não dá pra mergulhar, me encontrar ou só olhar teu rosto.Pensei em tantas coisas pra fazer, sabe quando a gente ama, tudo pode pode acontecer, pensar, só pensar, não quero viver assim pra sempre.Escrevi uma carta pra só dizer, o que minha boca não sabe expressar, meu coração é frágil demais, não é como todo mundo...se vejo você com outras as coisas parcem não dar certo, esse destino tolo, pressente tudo que você nem diz.Você pode falar uma coisa simples, que eu não sei decifrar, ou sou capaz de fechar os olhos pra ter comigo, ou sou capaz de mal respirar.Eu faço tudo errado!!!se você sorri, eu não sei disfarçar, é inevitável, eu só sei amar e flar desse amor.
Mais que carta sem graça, toda derretida, eu só repito eu te amo, até nas horas sombrias, que o amor não me aceita como sou.
Se você me aceitar, não esqueça de entender que o sol primeiro toca do que ilumina, esse amor é a sina, que me quer querer.
A você,
ainda que nunca leia isso...
brenda
Enviado por brenda em 07/10/2007
Código do texto: T683947

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
brenda
Belém - Pará - Brasil, 24 anos
233 textos (52423 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 00:01)
brenda