Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOCES LEMBRANÇAS

DOCES LEMBRANÇAS
Eliana Duarte
 
 
Hoje acordei com uma enorme dor no peito... saudade da minha infância.
Sentei-me em minha cama e perguntei a meu Deus: "Senhor, por que esta saudade esta
 doendo tanto?
Porque meus olhos teimam em
derramar lágrimas?"
Então uma luz me iluminou e clareou
minhas idéias.
É saudade da minha casa lá no interior
que eu morava quando era pequena,
da natureza que existia em frente,
de acordar com o canto dos pássaros,
de ver aqueles homens passarem em minha porta carregando os filhos em seus cavalos,
ou então na garupa da sua bicicleta,
crianças que nem sabiam o que era um videogame, ou um iogurte,
só sabiam que eram livres e corriam pelos campos sem medo de bandido,
sem serem corrompidas pela TV,
pelas drogas...
Ahh, quanta saudade eu sinto daquele tempo em que minha mãe fazia duas trancinhas
em meu cabelo me beijava no rosto e
mandava-me ir à escola; eu saia pelas ruas feliz, andava quilômetros a pé e ia
satisfeita, sem preocupações, sem os medos que  sentimos hoje da violência.
Saudades da minha avó, tão linda, velhinha
e tão sabia, tão amável, tinha um prato
de comida para todos, uma palavra de
conforto e estava sempre a sorrir,
com aqueles olhos pequenininhos, que o
tempo se encarregou de diminuir, tão
 expressivos... ahhh vovó naquele dia que te
deixei na tua morada eterna, quanta dor eu senti... queria te ter sempre comigo como naquele tempo.
Ahhh, minha casinha lá no interior... como
era gostosa. Tantas frutas, animais, espaço
 para brincar. Como eu a amava. Apesar de não ter tanto conforto, tinha calor humano, meus avós que nada deixavam faltar...
como amei morar nela... como fui feliz...
Hoje acordei sentindo vontade de voltar, voltar, voltar... e lá ficar, de ter novamente
tudo aquilo e todas aquelas pessoas que tanto amo de volta, comigo.
O tempo é ingrato... leva tudo e todos.
Hoje só me resta lembrar e deixar
que estas lágrimas escorram em minha
face e aliviem minha saudade.

Eliana Duarte
11/10/07
 
Eliana Duarte
Enviado por Eliana Duarte em 11/10/2007
Código do texto: T690713

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliana Duarte
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 56 anos
594 textos (28953 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 18:53)
Eliana Duarte