Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
NADA


O menor conto que já li foi o de Raimundo Carrero (escritor Pernambucano): "NADA", esse era o conto, isso mesmo, "nada".

NADA:

é, talvez esse "nada" traduza um enorme vazio formado por tantos "tudos" da vida, de repente um vácuo... simples assim...
a eclosão de um tudo que perdeu-se num enorme vazio, tentando ordenar valores, sentimentos, verdades... enquanto isso, apenas a interrogação, perdida, vaga, sem sentido,mas ao mesmo tempo imposta e cobradora. Mas hoje não tenho respostas...

Quero apenas um nada ao invés do tudo
e um silêncio ao invés do barulho.

TACIANA VALENÇA
Enviado por TACIANA VALENÇA em 25/10/2007
Código do texto: T709762

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
TACIANA VALENÇA
Recife - Pernambuco - Brasil
1955 textos (149041 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 10:49)
TACIANA VALENÇA

Site do Escritor