Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu te usei

Eu sei você deve ter se sentido usado, ou mais uma simples carta para meu jogo do amor, mas juro-te que não era o que almejava; o que eu queria quando observava o brilho dos teus olhos. Mesmo quando tudo parecia estar errado, seu sorriso vinha a me reconfortar.

Acho que não fui muito sincera quando me referia aos defeitos que tateava nas demais pessoas. Percebo hoje que via meus próprios erros e minhas iras momentâneas.

Não quero demonstrar franquezas, pois estas seriam injustas, eu ao qual tanto lutei para ser forte... E agora aqui me manifesto, porém nunca em mim teria a coragem de mostrá-los, lamento, porém tudo se foi.

Peço-te perdão... É muito difícil manifestar a divergência de minhas ações, mas digo-te mudei.
Natália de Matos
Enviado por Natália de Matos em 02/11/2007
Código do texto: T720757

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Natália de Matos Raimundo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Natália de Matos
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 24 anos
74 textos (2919 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 01:49)
Natália de Matos