Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MORTE



A morte rodeia-me, cheira-me, olha-me com os seus olhos piedosos para que eu a abrace, sinta ternura, ouça a  voz trêmula,  caminhe  a  sua trilha. Sinto  muito  dona  morte,   sei  que  um  dia  nos encontraremos, mas ainda é tempo de plantar.

Marcos Arrébola
Enviado por Marcos Arrébola em 05/11/2007
Reeditado em 05/11/2007
Código do texto: T724545
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Arrébola
Serra - Espírito Santo - Brasil
236 textos (10392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:18)
Marcos Arrébola