Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor e liberdade

Há mentiras na vida que os séculos perpetuam, as pessoas acreditam e fim. Todo dia, crimes acontecem pela mesma causa: confundem amor com posse. Na vida ninguém pertence a ninguém, por mais que amem, por mais que se queiram, por mais que se dêem.

Tudo é em vão, vai pelo ralo, e não há sexo que segure, quando tudo se esvai, quando se estanca a liberdade de ir e vir, quando a coisa trava, quando não há entendimento, compreensão, convivência. Não há amor que resista a opressão, não há tesão que se sustente, quando há obrigação.

Não se prendem mais as pessoas pelos pés, grilhões, não se amarram mais as pessoas pelos laços sociais, não há mais isso. Há que ter liberdade para ter amor. Se for tranca é prisão. Se houver ameaça não tem graça. O século é outro, não há mais tempo pra mágoa, vingança, ódio.

Fica o toque, na letra do rock “Independente Futebol Clube”, do grupo Ultraje a Rigor, que, com fina ironia, diz tudo e mais um pouco sobre a questão:

"Eu não sou seu
Eu não sou de ninguém
Você não é minha
Eu não tenho ninguém
Nós somos livre
Independente futebol clube
Você não manda em mim
Eu não mando em você
Eu só faço o que eu quero
Você só faz o que quer
Nós somos livres
Independente futebol clube
Se a gente tá assim
Comendo capim
É porque a gente quer
E se não quiser
Nós somos livres"

(Independente Futebol Clube, autoria: grupo Ultraje a Rigor)
Raul Los Dias
Enviado por Raul Los Dias em 06/11/2007
Reeditado em 10/11/2008
Código do texto: T725334

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raul Los Dias
Argentina
512 textos (77029 leituras)
1 e-livros (178 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 18:59)
Raul Los Dias