Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sombra desta viagem

Elas fazem saltar os olhos pretos
No que passa despercebida entre suas pernas
Gostam de camuflar suas calcinhas
É óbvio que é para provocar os meninos
 
Mostram como as empregadas
Ficam em pânico com a mulher do patrão
 
Tudo vai bem até a hora do amém
A ordem se perde na loucura do coração
A mulher que lava os pratos no quarto
Exposto seus objetos pessoal na parede
Suas fotos de roupas da mesma cor
 
Perdendo-se na paisagem do fundo do mar
Jogando água no corpo de seu irmão
Usando lençóis para deitar na areia
Ela me contava coisas que não entendia
Era um jeito de obter um beijo
 
Fiquei mal com este papo de casamento
Você tinha uma tatuagem mal feita
Pulei fora saquei que ela não esta brincando
Á reencontrei depois de cinco anos na praia
Ela pintou o cabelo de louro com camada de tinta
 
Ficou grande sua camuflagem na areia
Fiquei comovido com seu humor
De suas piadas dos soldados caindo no chão
Não lembrada quando se fala do conflito
Era uma das pioneiras em vender coco na praia
 
Era de um estilo feminino nesta arte
Comprometida com o bem estar das pessoas
Tentando estabelecer uma carreira sólida
Poderiam ser vendidas na causa da república
 
No momento que ela é atingida por um tiro
Camuflagem na areia banhada de sangue
O sol em renovação dos seus amores, lembranças
Caminhos misteriosos da vida que acena para mim
 
Suas certezas do medo da sombra desta viagem
Procura-se integrar no ferimento do seu coração
De fato, esta próxima o seu final nas areias
Receba incumbência agradáveis de sua partida
O céu anuncia sua expansão noturna da alma
 
A humildade ajudam a equilibrar sua alma
O amor floresceu com o encanto de sua surpresa
Você pode conhecer alguém que vai mexer com você
Na realidade nua e crua da violência camuflada

Edilley Possente
Enviado por Edilley Possente em 07/11/2007
Código do texto: T726957
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edilley Possente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilley Possente
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
632 textos (25398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 13:59)
Edilley Possente