Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PROCURA DO EU

UM HOMEM DIZ O QUE PENSA E PRONTO, ESTARÁ PRESO POR SUA VERDADE.
A TRISTEZA DE TAL HOMEM PASSA A SER O ATO MAIS INSANO DE
SUA ALEGRIA.
PARA, ELE É DIFÍCIL VIVER COM SEUS DEFEITOS, QUE LOGICO
SÃO SUAS MAIS PERFEITAS VIRTUDES.
BUSCA CONSTANTEMENTE ELOGIOS SINAL DE UMA CONSTANTE AMARGURA NA ALMA.
O SISTEMA QUE O CERCA NÃO É BOM PARA O SEU EU CELESTIAL
 E QUANDO A LIBERDADE CAMINHA  ELE SE FAZ TIRANO,
SEM PODER  GERA UM PODER PARALELO.
SUA LUTA É  SEM TRÉGUA EM SEU  INTERIOR QUE GERA UM HIPÓCRITA.
O HOMEM ANDA DE UM LADO A OUTRO TENTANDO SEU VERSO ACHAR,
AS VEZES TAL IMAGINAÇÃO, DA FUGA Á PROCURA  DAS PALAVRAS
VÊ-SE MUDO, SEM SE ACHAR É MAIS UM “CACHORRO MORTO.”
Ricardo Portero
Enviado por Ricardo Portero em 08/11/2007
Reeditado em 08/11/2007
Código do texto: T729016

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citeo nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Portero
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4672 textos (93785 leituras)
2 e-livros (123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 12:04)
Ricardo Portero