Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Manhã de sexta.

Hoje é sexta feira, manhã de sol,
os primeiros raios solares,
penetram lentamente na minha janela.
No meu quarto o despertar é triste,
uma enorme vontade de chorar, aperta o peito,
me sufoca, pois não é o momento,
nenhum homem vai me fazer chorar.
Calo o meu choro compulsivo
e no calor do sol que invade minha casa,
o frio invade minha alma, o meu coração,
o frio da angustia, da tua ausência.
Gely Arruda
Enviado por Gely Arruda em 09/11/2007
Código do texto: T730325
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Gely Arruda
São Paulo - São Paulo - Brasil
330 textos (48398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 19:45)
Gely Arruda

Site do Escritor