Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escrevo te

Escrevo te pela saudade... Pergunto-me "Quem eu sou?",  "Sou feliz?", bem , a resposta, vem de seguida, hoje sou uma mulher de 33 anos, realizada???? Talvez... Não sei, em alguns âmbitos sim, em outros ainda a caminho, mas sem deixar de acreditar.. Feliz sim, porque ao olhar para trás, para os lados e para frente, revejo-me, idealizo-me, em uma diversidade de objectivos que sempre vão sendo parte integrante de um caminho a percorrer, perco-me nas lembranças, que por vezes causam me gozo, até mesmo as que por vezes esvai em lágrimas, por ser parte de um  trajecto esplendido e natural...
Amei pessoas com toda a minha alma, caracterizando cada tipo de amor sentido no dado contexto vivido, mas em todos foi um amor com toda a alma, bem os românticos podem dizer que são histórias de amor, os cínicos, classificam como parte trágica de uma vida, os passivos de um tempo que apenas passou, e entre várias formas, dependendo do que é amor para cada pessoa envolvida em meio a atitudes e prioridades, uma variedade de valores e factores que podem de certa forma mudar o rumo de um história...
De certa forma perguntamo nos... O que nos vai acontecer hoje???  Um coisa sabemos é a possibilidade que nos faz continuar e não a certeza, a vida nada mais é que uma arte, e incute riscos, por conseguinte não é certa e exacta...
Sabe procuro milagres, para "n" coisas, a ciência, quer seja humana, física, psicológica, entre tantas outras nunca terá um resposta definitiva, creio que pela constante mudança e evolução dos cenários, ferramentas/instrumentos, pessoas, tudo, mas tudo mesmo, mas por mais inexplicáveis e incríveis, que nos pareça esta abordagem, os milagres acontecem em nossa vida por uma ordem natural das coisas, e esta caracteriza-se pela esperança do dado acontecimento, onde domina a vida de maneira constante, prevalecendo e inovando.. e quem sabe, meramente, de maneira hipotética isto talvez nos aconteça... eu acredito... Somente deixo que passe sem que o possa identificar, por estar preocupada com coisas sem a devida relevância.... Prioridades devem ser estabelecidas...
Carolzita
Enviado por Carolzita em 13/11/2007
Reeditado em 09/12/2007
Código do texto: T736027

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Caroline Silva). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolzita
Portugal, 43 anos
453 textos (61825 leituras)
5 e-livros (751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 04:04)
Carolzita