Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GOSTO

Nenhum gosto pode ser considerado absurdo, pois o gosto tido por absurdo a certos olhos, nada tem de absurdo aos olhos de quem nada vê de absurdo no próprio gosto.
Antonio Alves
Enviado por Antonio Alves em 19/11/2007
Código do texto: T742976
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Alves
Serra - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
4710 textos (116403 leituras)
10 áudios (3165 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 22:36)
Antonio Alves