Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao meu filho

Tranque a janela do quarto agora que chuva lá fora não pode esperar
Suba no tanque, faça careta, que eu deixo a vida do jeito que está
Ligue pra mim quando aprender a falar e fale o que você quiser
Ande até mim quando aprender a andar, a vida é assim, pé em pé

E eu vou pintar um "A" por onde eu passar
E eu vou te retratar como você quiser
E eu vou participar por onde a vida dá
E estarei com você onde você estiver

Caia da cama, abra o berreiro, te pego nos braços pra te acalentar
Suba nas costas, sobre o travesseiro, eu deixo você deitar e rolar
Dê um sorriso para o seu maior fã que eu pago pra ver todo o tempo
Solte um grito e me faça entender que a vida é saber ir de acordo com o vento

E eu vou pintar um "A" em cada gesto do meu ser
E cada vitória minha será pensando em você
E deixarei que o tempo lhe coloque no seu lugar
Quero está ao seu lado mesmo que eu não possa estar

Porque antes de você eu não sabia o que era amor
Porque antes de você tanto fazia como tanto fez
Porque antes de você eu podia ser de qualquer cor
Mas agora com você eu sou dá cor que vc entender

Darlan Santana
Enviado por Darlan Santana em 20/11/2007
Código do texto: T744557
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Darlan Santana
Aracaju - Sergipe - Brasil, 32 anos
139 textos (6332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 05:21)
Darlan Santana