Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Debruçando-me sobre os atributos inerentes da vida percebi que ela está presente em todo o universo de forma plena e total. Entendi que um gato não esta mais vivo do que uma samambaia e nem uma samambaia está mais viva que um cristal, pois todos estão plenamente vivos. Afirmo isso porque entendo que não existe meio vivo; ou se está vivo ou não se está, não existe meio vivo.
Este entendimento requer de nós uma postura mais responsável em relação à natureza das coisas. Se a vida habita sem discriminação seres tão distintos tanto na esfera mineral, como vegetal e animal, devemos reconhecer que é nosso dever aceitar e respeitar esses modos de vidas como sendo essencial e fundamental a nossa própria existência. O reino vegetal necessita do domínio mineral para subsistir, assim como o reino animal necessita de ambos. Isto implica que um é complemento do outro e que, portanto, o enfraquecimento ou extinção de um desses domínios coloca em risco todo o equilíbrio e sustentabilidade das coisas.
Pra ficar de bem com a vida é preciso respeitá-la em toda sua plenitude e zelar para que o equilíbrio seja constante no nosso planeta. Quem negligencia esse cuidado, por mais bem sucedido que seja, não pode estar de bem com a vida.

...
Obrigado pela visita! Conheça minhas músicas no site
www.seuribeiro.com 

*************************************** Seu Ribeiro *************************************** 
Seu Ribeiro
Enviado por Seu Ribeiro em 22/11/2007
Reeditado em 22/11/2007
Código do texto: T747226

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Seu Ribeiro
Santa Luzia - Minas Gerais - Brasil, 44 anos
66 textos (1245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 01:09)
Seu Ribeiro