Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O inesperado

Sorte avulsa
Encostou-me na parede
Para xavecar meu ego,
Parado estava
Sonhando acordado
Livrando-me da escassez.
Nas mãos a observação
O desejo das virtudes
No desenho dos traços
Que permeia a linha da vida
Sem sombra de duvida
É a aproximação
Da sensibilidade
Ou então da verdade.
O caracol que tange
A sentinela dos cabelos
Paralisam meus ideais
E segura meu céu
Com eclipses
Sombreando-me só
Nos olhares soltos.
Cativei o pensar
Imaginei o sabor
Que desfilou flutuante
Rasgando a tocha
Que transforma
Cinza em ouro
E fez um momento
 Em jóia e tesouro.
   
ZUKER
Enviado por ZUKER em 25/11/2007
Código do texto: T752809

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ZUKER
Fortaleza - Ceará - Brasil, 39 anos
503 textos (15996 leituras)
4 e-livros (78 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:49)