Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trajetória

Às vezes me pergunto se estou no caminho certo.
Me pergunto se meus atos são dignos de amor,
honra, ou simplesmente compreensão.

Não me peço para ser perfeito,
muito menos pra ser igual, ou ter um vão ideal.
Explico muito em meus poemas
talvez por não achar explicação pra minha vida.

Não tenho amigos, nem inimigos.
Sou sozinho, mas tenho um bom coração.
Eu não me desprezo,
eu não me culpo por ser quem eu sou.
Mas quem sou eu?
Pra onde vou amanhã depois do lanche?
- Aqui ta tão escuro!
Tão escuro!
Rodrigo Slama
Enviado por Rodrigo Slama em 03/12/2007
Código do texto: T763357

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Slama
Parnamirim - Rio Grande do Norte - Brasil, 28 anos
28 textos (1857 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 21:09)
Rodrigo Slama