Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O DIA D....

O dia veio...chegou de mansinho...devagar...timido...sozinho...caminhando lentamente...parecia pequeno...ressabiado...desconfiado...mas veio...olhando pros lados...pras pessoas...ele procurava...cade o par...o casal...não estao juntos???isso e normal??mas se amavam tanto...se separaram...romperam??por que o espanto?mas não era tão forte...por que o rompimento???falavam de amor a todo momento...faltou sorte???ou sera que é sina...já sei...brincadeira divina...pra testar o laço...se é forte de fato...ou brincadeira de gato e rato...mas eram pé e sapato...já sei...a distancia quem sabe pra dar norte...mas ela dizia que so separava na morte??ela morreu ou sera que foi o plebeu???já sei...deram apenas um tempo...coisa moderna...mas se afastaram mesmo ou estão presos na caverna???puxa neste dia importante...mereciam estar juntos de novo...mesmo que por um instante...correria ofegante...na pressa do sexo...que separação sem nexo...brigaram de verdade???ou foi apenas pendenga...furdunço...já sei...ela foi molenga...e ele jagunço..fizeram corpo mole...feito sanfona sem fole...perderam o rumo...desequilibrados ficaram ser prumo...ai desabou...caiu...rachou...mas sera que não tem volta???caiu a moldura mas sobrou a estrutura...essa era madura...nos dois...não tinha sofrimento.. juro...por isso se encontraram...pra resgatar o sentimento...o amor puro...a leveza...acalmar e trazer de volta a beleza...o sorriso...a brincadeira ingenua do matuto...vieram pra ficar vida toda juntos...disperdicio ficarem so um minuto...nesse mundo tão corrido...tão maluco...malvado...astuto... dois  meninos...unidos como ar e pulmão...corda e caçamba... alma e coracao...que pena esta separação...logo no dia do amor...assim fica sem cor...apaga o brilho...mas eles se amam tanto...queriam uma vida segura...unidos...musica e partitura...desafinaram...mas assim não sofrem???então deixem de bobagens...voltem...eu vim pra trazer a boa nova...a revelação...vocês são encontro de vidas...de almas...nasceram eternas...tem forca o sentimento...não importa se longe estejam...no campo ou na cidade...aria ou opereta...ego ou vaidade...percebam a sutileza do momento...quebrem os obstáculos..as divergências...pra que rivalidades...vocês estão alem disso...pecisam ter seqüência...do tato...do toque...do sentimento...mas a verdade sempre aparece...no tempo...na eternidade...nada acaba...apenas muda...mas não envelhece...espírito não tem idade...more no campo ou na cidade...por isso aposto no mago..no plebeu...na menina...a sorte não acabou...fez que morreu...esta inerte...esperando o tiro certo...dado sem caridade..uma flexa atirada...sem duplo sentido...no coração dela e do mago...embebida de calor...eximida de magoa...briga...so amor..na pontaria certeira de um anjo chamado cupido...ai estará selado o caminho...duas belas almas...percorrendo sem pressa e sem medo...a trilha do contentamento...da alegria..da passividade...mas ai fortalecidos não so para um momento...e sim para a eternidade...

Eros kamadeva***
eros kamadeva
Enviado por eros kamadeva em 04/12/2007
Código do texto: T763976
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
eros kamadeva
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
93 textos (9689 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 12:17)
eros kamadeva