Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

o pensar do poeta

que vontade louca de gritar e colocar no papel a ancia guardada da escrita que trago na peito.
voar ate pensamentos , e abrir entendimentos sabios em seres um tanto leigo e cegos, aprisionados em seus proprios caminhos.
pegar minha doce caneta e deixar fluir todo o meu desejo as vezes guardado por sem plateia , torno a guardar em minhas gavetas.
meu pensar torna-se cheios de palavras e preciso despeja-la antes que transborde de mim milhares de letrinhas confusas no ar.
sou poeta , nao importa o que digam ou pensem.
sou poeta inesplicavelmente doente , dentro de meu mundo, onde simplismente sou o maior dentre tantos ja existentes .
poeta que sofre , e sorri em suas palavras ditas ,
a cada dia sem ser compreendido.
imensa e minha vontade de escrever , e tirar do ar , do ceu , mar , e infinitos gestos de cada dia minhas tao adoradas poesias.


                                     ANA RAQUEL.
POLIQUEL
Enviado por POLIQUEL em 04/12/2007
Reeditado em 09/08/2008
Código do texto: T764873
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
POLIQUEL
Montenegro - Rio Grande do Sul - Brasil, 43 anos
114 textos (4015 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 13:51)
POLIQUEL