Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os dias

Percebo que não estão tão mudados
e nem muito naturais.
Mas se estivessem não seriam eles.
Não se muda, nem tem como, não seria normal.
Uma certa insatisfação sempre existe, faz parte.
Datas, datas como sempre digo, não sou muito ligada.
Todo dia é dia de tudo.
Nunca um dia igual ao outro, jamais.
Sempre alguma coisa diferente, ao levantar.
Colocar no chão primeiro o pé direito ou esquerdo.
Eu já nem sei, durmo no chão mesmo.
Passar debaixo de escada ou não.
Gato preto acho-os lindo.
Quanto aos sonhos, ai já é outra estória, os meus
querem sempre dizer alguma coisa, a menos que eu acorde
não me lembrando, caso contrário, quase posso afirmar
que não foi sonho.
Pena eu não saber interpretar, poderia evitar
os dissabores, pelo menos alguns.
Não saio de casa para não ter que voltar
detesto a volta.
Volta tudo, os dias sombrios, a rotina que eu odeio.
Que fardo pesado, mas tenho que suportar...
martamaria
Enviado por martamaria em 07/12/2007
Reeditado em 07/12/2007
Código do texto: T768929
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
martamaria
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
1159 textos (60136 leituras)
1 áudios (587 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 00:47)
martamaria

Site do Escritor