Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM FOCO

Projeto literário interrompido, por falta de foco, queria um inédito, mas o raciocínio não funcionava, pensamento nebuloso, coração escrupuloso, não queria dizer o que já havia sido dito.

O poeta em busca da verdade com o descobrimento sonhava, agitava-se de súbito, embaralhava-lhe palavras e frases existentes. E som melancólico levava-lhe quase a chorar. E ele se indagava: desisto ou não desisto?

Sou brasileiro e como ser posso deixar de continuar o que antes achava de suma importância, a quem interessa dizer o que por muitos foi dito? Assim talvez seja melhor: fica o dito por não dito.

Escrever neste mundo maldito é preciso, a humanidade é hipócrita, sedenta da verdade, livre por natureza, amante da beleza, fera que fere de todas as maneiras e a dor que outros sentem é bobeira.

O que se espalha no ar desfaz-se em fumaça, traças cortando tecidos, inseto destruindo vidas. Homens, homens o que queres se em teu pensamento tudo estar perdido.

Projeto literário interrompido, projeto de vida esquecido. Ah, quantas palavras jogadas fora! Quanto tempo perdido, quanta sensação de impotência de quem pensa como eu. Ô Deus, tenha piedade de nós!
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 03/12/2005
Código do texto: T80334
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79563 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:13)
R J Cardoso