Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caminhei

Acordei bem cedo
levantei com o pé direito
medindo o primeiro passo
para não trocá-lo
calcei um tênis velho
amarrei os cadarços
escovei os dentes
corri
duas voltas no 20RCB
senti meu corpo respirando
transpirando, inspirado
passaram as dores na minha cabeça
estado de transe
a Nostalgia da ultima semana
corria do meu lado
conversando com os meus pensamentos apaixonados
também acompanhou-me o Medo
disse que ela poderia voltar para ele
talvez agora estivesse comendo broto de feijão
com leite de soja e repolho ensopado
sorte que no Km 8 me alcançou
a Confiança no Meu Taco
lembrei do papo que tive com o Desejo
me confessou
nenhuma mulher combina mais contigo
não existe uma que tenha mais perfeito beijo
sei disso meu amigo
o problema é ela querer novamente algo comigo
nosso tesão é bem mais amplo que pau e buceta
tem ligação nas terminações nervosas
fundiram-se as veias
corre em ti um sangue negro
latino e forte que é meu
misturou-se ao teu
nosso tempero tem oliva e dendê
sinto na boca o gosto
vindo de você
complicado entender
fácil de lembrar
provoca todos meus sentidos
só de ouvir falar
de presente minha amada voltou
chegou no fim da caminhada
e impôs seu valor
quem ouviu falar da força deste amor
se emocionou
aposto tudo
mais uma chance de ser feliz ao seu lado
nosso amor não tinha acabado.
Marco Cardoso
Enviado por Marco Cardoso em 05/12/2005
Código do texto: T81223
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1601 textos (34633 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:49)
Marco Cardoso