Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desabafo@

Mal fatídica hora,
Onde em meu pensamento paira a insanidade.
Onde tudo deixa de fazer sentido.
Me entrego ao amago de ser inerte,
E cansado do momento de estar.
Falo por um momento coisas dementes!
Sem sentido algum,
Choro lágrimas sentidas,
Onde meu coração mórbido quase para de dor.
Falta-me a vontade de estar presente dentro de meu próprio eu,
Olho com olhos marejados de lástima e profunda dor,
Vejo-me já sem fio vital da vida,
Deleito-me nos braços da morte,
Fala-me com voz arrogante!
Tu agora não tem mais chance,
Chega hora de eterno labor.
Digo-me com toda certeza eis-me aqui sou tua sem defesa,
Lava-me pois nada nessa vida sou,
Ela sem titubear toma-me nos braços,
Aproveita-se do meu cansaço,
E encaminha-me ao teu reino de Horror!


Claudia/15/12/2005
lindamulher
Enviado por lindamulher em 15/12/2005
Reeditado em 24/11/2013
Código do texto: T86327
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Aparecida Franco de Oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lindamulher
Itirapina - São Paulo - Brasil, 57 anos
1582 textos (129617 leituras)
3 áudios (322 audições)
4 e-livros (303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:03)
lindamulher