Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coluna Vertebral do Meu Universo

Eu costumo vir aqui muito cedo.
Muitas vezes,enquanto estou fazendo este passeio pelas letras alheias ,chego a desconfiar que estou sozinha .
Afinal, haverá algum outro maluco que entre aqui pra ler e escrever às cinco da manhã?
Duvi-de-o-dó!

Não é ruim.Nem é bom.
É bom ,porque fico à vontade,sem a sensação pesada de ter mil olhos à minha espreita cuidando cada passo meu aqui.
(Já pensou se os outros vissem a quantidade de vezes que precisamos reescrever e retocar os nossos textos ,pra fazer algo que preste ser lido?)
É ruim, porque fico me sentindo meio dona do pedaço,meio deusa onipotente,meio eremita,meio esquisita.
E então, acabo por perceber  que  quem confere grandeza ao  ato da comunicação não sou eu,que estou solitária na tarefa de dizer.
Mas é o outro.Exatamente aquele que lê.


Quando escrevo,faço-o para ser lida e 'digerida'.
Quando leio ,reconstruo a trajetória de um pensamento,acrescentando-lhe a minha própria história pessoal,a minha visão de mundo, e o meu arquivo de informações torna-se simultaneamente tela de recepção e decodificação de mensagens.
A presença do outro é,portanto,fundamento daquele que se comunica.

Não há comunicação ,se não existir alguém dizendo algo a alguém.
Não há comunicação,se não houver algo a ser dito.
Não há comunicação,se não brilhar um olho,se um lábio não tremer,se uma chama ardente não aquecer um coração lá do outro lado.

Há que existir alguém a quem dizer algo.

Ainda que esse alguém seja eu mesma.

Zully Oney Teijeiro Pontet
Enviado por Zully Oney Teijeiro Pontet em 18/12/2005
Código do texto: T87614
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zully Oney Teijeiro Pontet
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
219 textos (13424 leituras)
1 áudios (112 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:42)
Zully Oney Teijeiro Pontet