Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESABAFO

Constantemente precisamos estar desabafando as angústias, as dores da alma, mas quando olhamos à volta, e não encontramos ninguém, a solidão vem e nos abraça, e como é difícil esse monólogo, pois o que se ouve é somente o próprio eco reverberando sem sentido.

ANDRADE JORGE
direitos autorais registrados
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 20/12/2005
Reeditado em 14/03/2007
Código do texto: T88571

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1027 textos (90006 leituras)
26 áudios (1819 audições)
2 e-livros (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:42)
ANDRADE JORGE